O momento certo de visitar o Ginecologista

No artigo de hoje a gente discute qual o momento adequado de visitar o ginecologista pela primeira vez.

E pra conversar sobre o momento correto de buscar o ginecologista a gente responde à questão da Luana que diz o seguinte: ” Qual a hora certa de ir ao ginecologista antes ou depois do início da vida sexual? Tenho que contar pra ele que eu já fiz sexo? E se eu ainda não falei nada para minha mãe como eu saio dessa?”.

Luana, bem legal essa dúvida! Em geral a gente recomenda que a garota procure o ginecologista logo após a sua primeira menstruação, ela menstruou é um demonstração que do ponto de vista biológico ela estaria pronta para uma gravidez. Não do ponto de vista emocional, não do ponto de vista psicológico, mas provavelmente do ponto de vista biológico ela conseguiria engravidar, por isso nesse hora é fundamental que ela busque a primeira consulta com o ginecologista.

“Será que a garota tem que contar tudo que ela já fez na vida?” É bom contar, visto que ele vai compreender melhor quais os ameaças, quais os complicações, quais as preocupações, quais os cuidados que você tem que ter.

Se você ainda não fez sexo, ótimo, é só expor que você não fez sexo, e ele vai aos poucos passando algumas informações essenciais e necessárias para o início da sua vida sexual.

Agora se você já fez sexo também é bom falar com ele, visto que ele certamente vai precisar solicitar alguns exames e argumentar com você a importância dos métodos contraceptivos. Por isso é bem oportuno criar um elo e expor para o ginecologista a verdade, contar tudo o que está fazendo, só dessa maneira ele pode acertar mais. Conte sobre sua vida, fale se está ingerindo algum estimulante sexual feminino, e faça todas as perguntas que desejar.

Agora e se você já fez sexo porém sua mãe não sabe, você precisa expor para o ginecologista, será que o ginecologista vai contar pra sua mãe?

Ele não vai falar! Há uma questão do sigilo médico; mesmo com pacientes adolescentes e menores de 18 anos de idade há o vínculo do médico com a paciente, por isso se você já fez sexo e por alguma razão não pretende que sua mãe saiba, você faz o elo com o ginecologista, você toma conta da sua vida sexual, se responsabiliza pela sua vida sexual, e ele vai garantir que você tenha direito a esse sigilo.

Agora a única situação que por acaso ele pode expor com sua mãe, é no momento em que ele identifica que você está se descuidando, que está se colocando em perigo, que você está deixando de realizar as coisas que você deveria estar fazendo. Se ele verificar um certo nível de falta de maturidade, pode eventualmente chamar sua mãe para juntas todo mundo conversar o que está acontecendo. Se por exemplo, seu namorado já toma viagra natural desde cedo, e você tem dúvidas sobre esse comportamento dele, o médico vai te aconselhar.

Este seria um caso particular, a exceção, porém de uma forma geral o ginecologista preserva sim o elo com a paciente e o sigilo da informação; dessa forma é fundamental confiar no ginecologista e expor para ele tudo que está acontecendo.

“Será que eu posso buscar o ginecologista apenas no momento em que eu iniciar a minha vida sexual?” Em teoria isso pode ocorrer, porém o ideal é buscar um ginecologista logo após a primeira menstruação, para você ter tempo de conversar informações sobre a vida sexual, sobre os precauções que você tem que ter, e refletir em métodos contraceptivos se essa sua vida sexual for se tornar mais frequente.

E aí curtiu o artigo? Então não perca o próximo!

Conta sobre nosso site para seus amigos e suas amigas que está repleto de informações e novidades essenciais para sua saúde para sua vida sexual! Valeu!